Seja Digital

Diante da modernização das tecnologias de comunicação e substituição do sinal analógico pelo sinal digital, o Governo Federal criou o programa Seja Digital. Trata-se de uma iniciativa que busca contemplar famílias de baixa renda que não possuem poder aquisitivo para adquirir novos televisores ou kit de conversão de sinal.

O sinal digital passou a valer no Brasil, unicamente, desde o primeiro semestre de 2018. A mudança acompanha a modernização já vivenciada por outros países do mundo. Com isso, os telespectadores precisaram adquirir televisores mais modernos ou conversores para receber as transmissões normalmente em aparelhos mais antigos.

No entanto, como muitas famílias não possuem renda suficiente para investir nesse tipo de recurso, o Seja Digital foi lançado. O objetivo é contemplar cerca de 14 milhões de pessoas com a entrega gratuita de kits para TV Digital. Assim, garante-se a continuidade do acesso à programação televisiva aberta, um dos principais meios de entretenimento e informação.

seja digital bolsa familia para beneficiarios de programas sociais

Kit Seja Digital Gratuito para beneficiários do Bolsa Família e de demais Programas Sociais

Como funciona o Seja Digital

Consiste na disponibilização de um kit gratuito de TV digital. Ele é composto por conversor, antena UHF e controle remoto que podem ser instalados em qualquer televisor.

Então, os cidadãos beneficiários de programas sociais que possuem TV de tubo, plasma ou LCD muito antiga, sem acesso automático às transmissões, podem obter o kit gratuito e continuar assistindo à programação televisiva normalmente.

A iniciativa é desenvolvida pela Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV. Uma instituição não-governamental e sem fins lucrativos. Ela é responsável pela operação de migração no Brasil, em acordo com determinação da Anatel.

O intuito é garantir que a população tenha acesso à TV Digital. Assim, além de disponibilizar kits às famílias de baixa renda, o site da iniciativa compartilha tutoriais para toda a população sobre o que deve ser feito para a migração. Também explica quais tipos de conversores podem ser compatíveis com cada modelo de TV. Outrossim, soluciona dúvidas por meio de uma central de atendimento ao cidadão, no número 417.

O que muda com o sinal digital de TV

A nova tecnologia garante mais qualidade de imagem e som em relação ao sinal analógico. Ou seja, problemas como chiados e chuviscos na imagem serão reduzidos significativamente. Assim, o telespectador conta com uma experiência com mais qualidade na hora de assistir às diversas programações da TV.

Além disso, o desligamento do sinal analógico liberou a faixa de sinal de 700Mhz. Com isso, as operadoras poderão ampliar a oferta de internet 4G em todo o Brasil. Trata-se de uma das tecnologias de telefonia móvel mais avançadas. Ela garante que que dispositivos como smartphones e tablets tenham acesso mais rápido à internet.

Quem tem direito ao kit gratuito de TV Digital

O Seja Digital contempla cidadãos e famílias beneficiárias de programas sociais. Como exemplo, é possível citar o Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais.

A lista de beneficiários é fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Por meio dela, a equipe desenvolve as ações comunicacionais para divulgar a disponibilidade dos kits gratuitos.

Assim, os beneficiários sociais devem possuir cadastro no CadÚnico e ter um Número de Identificação Social (NIS). Estes dados ajudam a comprovar o perfil apto ao recebimento do kit gratuito de TV Digital.

Como verificar o direito ao kit gratuito do Seja Digital

kit gratuito para tv digital

Com a lista formulada pelo MDS, os beneficiários de programas sociais podem verificar se seus nomes constam entre os beneficiados com o kit gratuito de TV digital. Por isso, a consulta pode ser feita online ou por telefone.

Consulta online

Basta acessar a área de consulta do site Seja Digital e digitar o CPF ou NIS do responsável familiar. Então, com os dados preenchidos, basta clicar em buscar para obter o resultado da consulta.

Consulta por telefone

Ao telefonar gratuitamente para o número 147, o cidadão deve informar, então, o CPF ou NIS para verificar o direito ao kit gratuito.

Se a distribuição dos kits já estiver acontecendo na região, é possível agendar a retirada do kit. Para o agendamento, no entanto, é obrigatório informar um número de celular para receber o código de confirmação.

O procedimento também pode ser realizado presencialmente. Ideal para aquelas pessoas que precisem de auxílio das equipes da gestão do Bolsa Família ou do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

Como retirar o kit gratuito de TV Digital

O Kit gratuito de TV Digital disponibilizado só pode ser retirado pelo responsável familiar ou membros que possuam o Cadastro Único. As retiradas devem ser feitas no CRAS ou unidade gestora do Bolsa Família. Entretanto, é importante checar o local exato da retirada informado no agendamento.

Para receber o kit, é necessário, portanto, levar o NIS, o código de confirmação de agendamento encaminhado via mensagem e um documento de identificação com foto. Caso não possa comparecer no dia agendado, um novo agendamento deve ser realizado.

Prazo para agendar a retirada do kit

De acordo com o Seja Digital, cada região e cidade tem um prazo diferente para agendar e retirar o kit gratuito. As informações sobre a liberação, portanto, são veiculadas nos principais meios de comunicação. Cartas também são enviadas às famílias beneficiárias.

Instalação do kit de TV Digital

O kit gratuito acompanha manual de instalação que indica todo o procedimento a ser seguido para ter o funcionamento normal. De acordo com o manual, é necessário iniciar pela instalação da antena, seguido da instalação e configuração do conversor. Informações completas podem ser vistas na área de solução de dúvidas técnicas do site Seja Digital.

O que fazer caso não tenha acesso ao kit gratuito

Os cidadãos que não forem contemplados com o kit gratuito, ou seja, que não têm direito ao kit, devem adquirir os equipamentos por conta própria para continuar assistindo à programação da TV aberta. Assim, é necessário adquirir uma antena UHF e um conversor digital compatível com a TV.

Maiores informações sobre antenas e conversores podem ser vistas no portal Seja Digital: www.sejadigital.com.br.

Seja Digital
5 (100%) 2 votos

Deixe-nos um Comentário: